sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Por ser brasileiro

Bom dia!





Hoje, sexta-feira, perto de um fim de semana que promete muito no futebol, pois os jogos de amanhã do campeonato brasileiro pode mecher com a zona de classificação, dando a Botafogo a volta ao G4 e ao Grêmio a possibilidade de amplicar sua vantagem, já que o Palmeiras levou uma legítima "rasteira baiana" do Sport (será que é o carrasco do verdão neste ano?Rs) em casa.

Falando do jogo do Vasco x Cruzeiro, penso que o Vasco começa a dar medo novamente ao seu torcedor após sua segunda derrota seguinda. Descendo a ladeira vejo um goleiro Tiago não conseguindo ser o mesmo dos tempos da Lusa (os portugueses de lá tinham pasteis melhores? Ou são mais legítimos que os vascainos?), e o Cruzeiro, com o bom Ramires (Dunga, Josué ?Ai não né?) precisou apenas jogar o nescessário para vencer, dando mostras de que ainda é um bom candidato ao título.

Seleção Brasileira: o que vejo? Noto que no domingo estaremos divididos. Sim, pois, apesar de não torcermos para o Chile (digo torcer no sentido de queremos que ganhe por simplesmente ser o Chile), uma boa parte dos torcerdores brasileiros irá torcer para que Dunga, e não o Brasil, perca. Isto porque há, entre eles eu, um grande desejo de mudança de rumo na direção técnica brasileira. Dunga já mostrou a que veio, e, não é para mudar a cara do Brasil, o futebol retranqueiro praticado na época de Parreira e que nos levou ao fracasso na Copa de 2006. A única coisa que a mim preocupa é a possibilidade de o problema não ser Dunga, ou Luxemburgo, ou qualquer um que ali entre para treinar a Seleção, mas sim, Ricardo Teixeira. Este, pelo visto, ninguem o tira de lá.

Finalizando, fico totalmente indignado com a situação de Clodoaldo da Silva, nossa grande estrela nas para-olimpiadas. Como podem fazer isto a dois dias de inciar a competição? Com toda certeza, se fosse um americano, um australiano, um britânico ou alemão que seja, com quase toda certeza não teríamos tal situação desestabilizadora (e sem sentimentalismo de inferioridade). Outra coisa, fala-se que este foi reenquadrado numa categoria onde os outros competidores têm um nível de deficiência física menor. Como pode? Então ele deveria continuar onde estava, ou criarem um categoria intermediaria, ou não? O certo é que não está, o Clodoaldo Silva, em condições de vencer mais este obstáculo, como visto em suas entrevistas no dia de hoje.

Que falem os especialistas!



Fico por aqui, na espera de um dia menos quente e com chuva, fina e fria.


Inté!

Cleber B. Gouveia.

2 comentários:

ARLINDO disse...

Valeu flamenguista sofredor. Suas análises são bem centradas e estou de acordo com todas elas. Fico muito feliz por ver em seus blogs o reconhecimento pela força botafoguense que está em ascendente. Se tenho este direito de discordar, não creio que o Botafogo retorne ao G-4. Creio que ele não sairá de lá. Afinal se olharmos a tabela hoje poderíamos pensar que ele está em quinto mas uma tabela deve ser olhada ao final de cada rodada. E levando em conta que cruzeiro e palmeiras vão se duelar, posso antever o FOGÃO na vice-liderança. Já podemos ver as cores do tricolor gaúcho crescendo a cada dia à nossa frente. Saudações alvinegras!

Cleber B. Gouveia disse...

Arlindo, é verdade! A análise tem que ser feita também pelas rodadas que ainda faltam, e os confrontos diretos são importantes. O Botafogo, a muito tenho falado com amigos, tem um grande elenco. Ainda bem que agora este time está jogando. Ney Franco é realmente um excelente técnico, como Cuca, mas mais centrado e menos chorão.

Obrigado pelo seu comentário!

Abraços!